Conferência Mundial de Desenvolvimento das cidades

Começou nessa semana a Conferênci Mundial de Cidades, em Porto Alegre

Entre os dias 13 e 16 de fevereiro, Porto Alegre vai sediar a primeira edição da Conferência Mundial sobre Desenvolvimento de Cidades (CMDC). O evento pretende discutir a gestão dos municípios – que, na visão dos organizadores, são os verdadeiros protagonistas do desenvolvimento. No Brasil, por exemplo, cerca de 80% da população se concentra nas cidades, segundo o IBGE. “A cidade deve ser vista e tratada como um organismo funcional. Não adianta tratar temas como saúde, transporte e meio ambiente de forma separada”, prega Cézar Busatto, secretário de Coordenação Política e Governança Local de Porto Alegre e um dos organizadores da conferência.

Uma das novidades do encontro é sua dinâmica. Diariamente, acontecerão 20 atividades simultâneas que debaterão desde temas como sustentabilidade até responsabilidade dos cidadãos. A diversidade de assuntos pode ser medida pelo número de palestrantes, cerca de 400. Espera-se que 3 mil pessoas participem do evento. O objetivo é criar uma rede de discussões de alcance mundial, que continuará funcionando depois do evento. Justamente por isso, a conferência não gerará nenhuma carta de compromissos. “Temos de partir do princípio que cada cidade é única e não podemos nos prender a uma carta que amarre o processo em seu nascedouro”, explica Busatto.

Os organizadores desejam que o encontro seja reconhecido como um propulsor do desenvolvimento de cidades pequenas e médias – e não somente dos grandes centros. Um dos projetos decorrentes dessa iniciativa será a criação de uma rede que discutirá temas de gestão em pequenas cidades. A inciativa será coordenada pela Confederação Nacional dos Municípios. A conferência também será dará origem ao “Prêmio Cidades Inclusivas” – uma espécie de Oscar concedido a cidades comprometidas com a inclusão de cidadãos e com as melhores práticas de gestão pública. A cada três anos, uma cidade no mundo será apontada como grande ganhadora. A premiação está prevista para 2010, na China. Até lá, cada país escolherá sua representante por meio de concursos estaduais. (Marcos Graciani)

fonte: (amanhã)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: